Pular para conteúdo

Apresentação da estrutura do texto#

Ornamento da Liberação Preciosa
O dharma sagrado que é como uma joia que realiza desejos, a apresentação dos estágios do caminho do Grande Veículo que une as linhagens Mahamudra e Kadampa.
Gampopa

Eu me prostro ao eminente Manjushri Kumara Bhuta.

Tendo me curvado ao Vitorioso e seus herdeiros,
ao Dharma sagrado e à raiz disso tudo, o guru,
apoiando-me na bondade de Milarepa e Atisha,
escrevo esta joia do Dharma, que é como
uma gema rara que realiza desejos.


Em geral, todos os fenômenos estão contidos em duas categorias: samsara e nirvana. O que é chamado de “samsara” (existência cíclica) tem uma natureza de vacuidade, seus aspectos são enganadores e suas características definidoras aparecem como sofrimento. O que é chamado de nirvana também tem uma natureza de vacuidade, todas as aparências enganadoras foram extintas e dissolvidas, e sua característica é a libertação de todo sofrimento.

— Em relação à ilusão do samsara, quem se ilude?

Todos os seres sencientes dos três reinos1 se iludem.

— Qual é a base dessa ilusão?

É a vacuidade.

— O que causa a ilusão?

A ignorância intensa.

— De que modo há ilusão?

Ela se manifesta como tudo o que os seis tipos de seres vivenciam.

— Que exemplo demonstra essa ilusão?

Ela ocorre como no sono ou sonhos.

— Desde quando há ilusão?

Desde uma existência cíclica sem início.

— Qual é o problema dessa ilusão?

Ela provoca a experiência de apenas sofrimento.

— Quando a ilusão se transforma em sabedoria primordial?

Com a realização da budeidade insuperável.

Caso imagine que essa ilusão se purifica naturalmente, saiba que a existência cíclica é conhecida por não ter um fim.

Sendo essas as maneiras como o samsara ilude, como seu sofrimento é extenso e duradouro, e como não há liberação automática, esforce-se o máximo para realizar a budeidade insuperável de agora em diante.

— O que é preciso para se esforçar dessa maneira?

O resumo disso é:

Pessoas inteligentes devem conhecer
o sumário geral da budeidade insuperável
em seis partes: causa, suporte, condição,
método, resultado e atividade.2

Devemos conhecer a causa da budeidade insuperável, a pessoa que é o suporte para essa realização, a condição que a incita, o método para isso, seu resultado e a atividade após essa realização.

Isso será explicado sequencialmente assim:

A causa é a natureza buda.
O suporte é o sublime corpo humano precioso.
A condição é o professor espiritual.
O método é a instrução dele.
O resultado é o corpo da iluminação perfeita.
A atividade é beneficiar seres de modo não conceitual.3

Isso foi uma mera apresentação da estrutura deste texto.


1 “Três reinos” ou (três mundos) são um sinônimo para o ciclo vicioso do samsara e todos seus tipos de existência.

2 Estas citações em destaque são os versos-raiz de Gampopa que sumarizam a obra e facilitam a memorização dos pontos essenciais.

3 Essas seis linhas correspondem às seis partes deste livro.